A Taça voltou! E a aula de baile também…

GRIFO COMEMOROU O BI CAMPEONATO DO JUCA COM UM BAILE INESQUECÍVEL

//Carol Mello, especial pra Salseiro//

Na real eu ainda tô tentando restabelecer a lembrança entre as 23h de sexta e 6h da manhã de sábado. NÃO ESTÁ SENDO FÁCIL. Com certeza as definições de BAILE foram atualizadas!

Se alguém anotou a placa do trator que passou em cima de mim, me avisem por favor que tô de ressaca até agora. O baile tava uma uva! Galera feliz, sorrisão na cara, descendo até o chão, e todo mundo se respeitando. Foi demais!

Os DJs da festa botaram aquelas rabas pra balançar como manda o figurino, não deixaram a desejar e, vou te falar, tô com dor nos membros inferiores de tanto rebolar. Socorro.

E QUANDO A BATERIA ENTROU? NOSSA. Eu não sei vocês, mas pra mim, como ritmista, foi uma satisfação inenarrável! Toquei com lágrimas nos olhos de ver a galera toda abaixando e vibrando com a gente! Todo mundo na mesma vibe, comemorando a taça que voltou pra casa, pro seu lugar!

 

Grteste

A bateria deu o show de sempre, e a Carol tava lá…

Estávamos em mais de 1500 malucos, fanáticos pela Grifo e sedentos pra relembrar os quatro dias que demoram pra chegar e passam tão rápido quem nem vemos.

Por cada atleta que bebeu com o gosto da vitória, cada ritmista que bebeu e tocou com a segunda estrela no peito, cada atleticano que comemorou todo o trabalho de um ano e todos os alunos torcedores que encheram a cara e viveram esse amor com a gente, posso dizer por todos VALEU A PENA! Foi um baile absurdo, demos uma aula!
Beijei tanta boca que nem sei.. e com certeza não fui a única, NÉ PESSOAL?
Muuuito obrigada às outras faculdades pela integração. Porque quem não ama uma integração, né? Eu sou, amo e amo muito!

DESCULPA QUALQUER COISA, TAVA DOIDONA!

Caroline Mello faz Biomedicina na Anhembi e na verdade não é Carol coisa nenhuma, é a Bebel do Rugby…

Comentários

Comentários

Você pode gostar...