A Taça voltou, Grifo!

TEXTO MEIO ATRASADO, PORQUE AINDA ESTÁVAMOS COMEMORANDO

//Jaque Berto, especial pra Salseiro//
Já imaginou ganhar um Parabéns pelo título do JUCA na quinta-feira? Ou imaginou em bater recorde de pontuação na colocação geral, com 68 pontos de diferença para o segundo colocado? E ir para NOVE finais no domingo?
Se alguém ousasse falar isso na quarta, antes do JUCA, iam dar risada, e iam falar que era imaginação…  Mas foi isso que aconteceu com a Grifo.

Nenhum atleta, aluno, atleticano, ritmista ou torcedor saiu daqui de São Paulo sem energia positiva do título. Fomos em mais de 1.000 fanáticos cheios de amor no peito e com o sentimento de SEREMOS, rumo aos 4 dias mais esperados do ano.

O lindo sol frio acordou junto com o último ônibus da chegada de São Paulo e nessa hora já estavam todos prontos para começar o dia. A ALEGRIA VOLTOU, ARARAQUARA!

Começamos as conquistas com a natação, que emoção dessa equipe, quanta raça! Campeões. Xadrez, em mais uma disputa acirrada. Campeões. Tênis de mesa? Mais uma para essa  equipe. Futebol de Campo, fomos para os pênaltis, não deu, mas a torcida incentivou e parabenizou todo o time, vocês são campeões também. E começavam mais conquistas…

Inclusive na arquibancada! A Bateria Pegada Monstro fez a festa na bancada em todos os jogos que foi. Na dobradinha dos jogos do futsal feminino e masculino contra o Mackenzie, enquanto os atletas faziam baile na quadra, a torcida não parava de cantar, e fez história no JUCA ao estender o bandeirão de 40 metros no Gigantão. O maior que você respeita!

19691278_1351210584948383_1075639962_n

Haja arquibancada pra conseguir abrir um bandeirão desses

À noite, além do show super esperado do Dennis, a Grifo também teve show de representação na apresentação das Drag’s mais lindas do JUCA. O nosso JUCA é de todo mundo e foi muito bem representado pelo nosso amigo Fernando Esteves.

Sexta as nossas guerreiras do basquete feminino abriram o dia com vitória, depois veio o Hand feminino e o vôlei masculino à noite, de novo contra o Mackenzie e de novo passando o carro.

Depois dessa aula nos esportes e na torcida, fomos para a festa do meio no clima de reggaeton e muito funk (claro). Nem precisa falar que a alegria e curtição da galera da Grifo continuou em alta.

Sábado foi o dia inteiro para os jogos dos times de Rugby. Nossas meninas do rugby, mesmo ainda em fase de demonstração, foram guerreiras e conquistaram o terceiro lugar. O masculino garantiu a final para o domingo. Durante o dia ainda tivemos mais jogos decisivos nas demais semifinais. Tênis de campo também conquistou mais um título do masculino e destaque para a raça das nossas meninas. Não conquistaram, mas foi um quarto lugar muito disputado e dedicado.

Destaque para o jogo do basquete feminino contra a Cásper. Conseguimos empatar faltando 4 segundos para acabar o último quarto e garantimos a vaga para a final na prorrogação! Então, fomos dançar ao som de banda Eva com NOVE finais para outro dia.

E no domingo, basquete masculino campeão e feminino em segundo. Futsal feminino em segundo e futsal masculino campeão. Vôlei feminino e vôlei masculino campeões. Handebol masculino em segundo e handebol feminino campeão. E rugby masculino campeão.

Recebemos a taça de volta e, com muita fumaça e festa, a Grifo foi BICAMPEÃ em Araraquara, a terra dos nossos títulos, graças à RAÇA dos atletas e ALEGRIA da torcida.

E a comemoração? Imagina na PÓS JUCA… Parabéns, Grifo!

Jaque Berto é jornalista formada na Anhembi Morumbi, Diretora de Comunicação da Grifo e ainda não parou de comemorar esse baile

19622356_1351210588281716_779253841_n

O Grifão levantou o troféu enquanto a galera invadia a quadra do Gigantão

Comentários

Comentários

Você pode gostar...