Evidências de uma tarde casperiana

PRIMEIRA FESTA DA CÁSPER DE 2017 FOI DAQUELE JEITO QUE TODO MUNDO IMAGINAVA: QUE VENHA MAIS UM ANO INCRÍVEL 

//Por Ayumi, Bia, Duda, Ma(rina) e Ma(iza), especial para a Salseiro//

Vocês pensaram que eu não ia rebolar minha bunda hoje?!

Ela demorou, mas chegou e foi amor à primeira vista sim! Neste último sábado (11), a Barroca Zona Sul foi coberta de vermelho e branco e ocupada pelos novos alunos e veteranos, que estavam morrendo de saudade de uma baguncinha casperiana. A Cervejada dos Bixos- Amor à Primeira Vista veio para mostrar aos novos integrantes da Paulista 900 o que a Cásper faz de melhor: farrear, além de reacender a chama blanquiroja no coração de quem já sabia como o esquema funcionava. Dizem que o ano casperiano só começa depois da primeira cervejada. Se o nosso ano for tão bom quanto essa festa, 2017 com certeza será incrível!

O que não faltou nessa brejada foi vexame. O open bar estava caprichado, com o famoso boom de catuaba e o queridinho entre os casperianos, boom de chupingole. Além de muita cerveja, também teve open de refrigerante e água – sempre bom naquele finalzinho de festa né?!

O som da festa ficou por conta dos já conhecidos (e queridíssimos) DJ Pudance, Zeller e Telefone, e contamos também com novidades, como Taty Camps e Renato Pestana. Por motivos de força maior, não tocou tanto funk quanto o desejado pela nação vermelha e branca. Em compensação, quem gosta de sofrência pôde se deliciar com um momentinho dedicado apenas ao sertanejo.

Dessa vez também não encerramos com Evidências, deixando a choradeira para o meio da festa, e não para o final.

E, por último, mas não menos importante (muito pelo contrário), ela, a Bateria da Cásper, que faz os corações casperianos baterem mais forte, e a garganta secar de tanto cantar junto com a Aguante. Essas duas nunca decepcionam, e puderam mostrar para os novos estudantes da Paulista 900 o que é ser Cásper.

BateriaCasper

Aquele inferno que a massa aguantina saber fazer com perfeição

Se a festa é de boas-vindas para os calouros, ninguém melhor do que os bixos para falar sobre essa baguncinha vermelha e branca. Leticia Franklin, bixete de Publicidade e Propaganda, falou o que achou da primeira festa como casperiana: “Sinceramente eu não achei que faltou nada em questão de música e qualidade da festa em si. Acho que a única coisa que deixou a desejar foi a organização para a entrega das bebidas, mas o preço pela infraestrutura e line up foi justo, o que compensou. ”

De uma coisa não temos dúvidas: bixos e veteranos se jogaram de cabeça na primeira festa do ano. Uma intensidade típica de quem vive a Cásper Líbero de domingo a domingo, das provas ao JUCA. Depois do trote, a Cervejada dos Bixos – Amor à Primeira Vista foi de longe a melhor forma de receber os mais novos amantes da Paulista 900, o que fez o amor casperiano crescer ainda mais dentro de cada um deles (e de nós também). O que veio depois foi a velha conhecida bad pós-brejada, que bate principalmente na segunda-feira depois de uma festança dessas. Mas, dessa vez, a bad foi um tanto quanto minimizada, e deu lugar a uma ansiedade daquelas. Nosso maravilhoso Homem Pássaro já divulgou a data da próxima bagunça: 08 de abril. Por isso SAVE THE DATE, crianças, e preparem os fígados para a Marquesa! Nos vemos lá e cuidado com a quadrilha, estamos sempre de olho em tudo.

Ayumi Fumayama, Marina Ruiz Romano, Maiza Gondim são de jornalismo, já Bia Martins e Eduarda Germano são de PP. De onde surgiu essa trupe? Ninguém sabe, mas que deu certo, deu! #JáÉJuca

Cervejada dos Bixos | Amor à Primeira Vista
Local: Escola de Samba Barroca Zona Sul
Fotógrafo: André Luis

 

 

 

 

Comentários

Comentários

Você pode gostar...