Troféu voltou pra casa

Mack mata a saudade e fatura seu 15° título do JUCA
//Por Leticia Harumi Urata, especial pra Salseiro//

Cheguei em Sorocaba muito cansada, após um dia todo de trabalho, como a maioria dos meus amigos mackenzistas. Montamos tudo no alojamento e, nesse momento, passava um filme em minha mente de como eu queria estar ali, e como eu queria viver esses dias da melhor maneira que eu pudesse. Pensei em como ficaria feliz de ver ao menos uma vez nesses quatro anos de faculdade o meu Mackenzie, sim o Mackenzie que eu e mais milhares de pessoas escolhemos para ser parte de nossas vidas, levando a taça pra casa.
Há quem diga que nós só ligamos para títulos. Mas garanto que todos compartilham da mesma felicidade que os atletas, levando mais uma medalha. Não há nada mais especial do que estar com os amigos, curtindo muito, e de quebra levar um título para dizer: “ah, naquele eu estava…”.
Dormir e acordar com o famoso hit 2016 “VAI TACA TACA TACA TACA” repetindo-se no mínimo 30 vezes, perder o ônibus porque não aguentou o open do dia anterior, ver a carreta furacão, comer quase chorando um delicioso dog do kabelo, voltar sem voz de tanto que gritou para aquele gol, aquele ponto, aquela música… Os chatos que me desculpem, mas nada paga a emoção de ser um de nós, mackenzistas loucos. E sim, louco é pouco.
E finalmente o tão esperado DÉCIMO QUINTO TÍTULO chegou. Ver aquele bandeirão invadindo a quadra, ao som da TUBATERIA, animação do MACK13, a felicidade estampada em cada atleta, a atlética subindo a taça e o barulho da torcida toda foi animal, de arrepiar. O preto e azul tomaram conta, o corpo já não sentia mais o frio da cidade gelada. É meio difícil descrever em palavras o que foi, mas nós avisamos que não voltaríamos sem a taça. Dito e feito: deu baile, deu TUBARÃO.
Fico muito feliz com a participação de todas as faculdades, pois Mackenzie é integração sim, e tem muito amor. Como, por exemplo, esperarmos todos juntos a dona Valesca até às seis da manhã, mais mortos que tudo, ou todos descontrolados no bate cabeça do CPM… Quantas coisas termos pra contar desse JUCA…
Hoje, mais um dia da semana, todos trabalhando e tudo continua igual, mas com histórias a mais. Agora, com o fim do JUCA, cada um de nós tem uma, ou milhares de lembranças, o que para quem está de fora parece ser apenas besteiras, de um bando de universitários doidos. Mas pra quem vive é muito mais, é ter na memória momentos com grandes amigos, momentos que não vão voltar atrás quando realmente assumirmos uma vida de adultos. É saber que vivemos intensamente, e do jeito mais animado possível, entram uns, formam-se outros, mas a alegria de viver aqueles quatro dias será sempre a mesma. Afinal, JÁ É JUCA e isso é MACKENZIE!

Leticia Harumi Urata é futura publicitária e atual campeã do JUCA com o Tubarão

 

Comentários

Comentários

Você pode gostar...